Tweetar

Compartilhar



Esta triste história se repete todos os dias. Quando os animais idosos e deficientes mais precisam de seus donos, são descartados como um objeto que não serve mais, que venceu a validade. É revoltante vê-los numa situação de abandono e totalmente indefesos.

Foi o que ocorreu com a Ana Maria. Abandonada, foi acolhida pele e osso por funcionários de uma empresa em Guarulhos. Foi alimentada, mas logo passou a incomodar a alguns, sendo acionado o CCZ. Desnecessário dizer o que seria dela.

Foi novamente resgatada depois de um apelo. Nas fotos abaixo mostram como ela estava vivendo, antes deste segundo resgate.

Ana Maria é um anjo muito especial em busca de um coração sem preconceitos que possa lhe oferecer uma vidinha digna e com muito amor. Ela é cega dos dois olhos, enxerga vultos, tem aproximadamente 10 anos. Tratava-se de uma senhorinha muito meiga e carinhosa.

Foi anunciada na esperança de que a matéria chegasse a um desses humanos especiais a que nos referimos sempre. E chegou.

Em sua nova casa, ela foi recebida por uma matilha numerosa e hospitaleira. Também adorou o espaço, o jardim. Claro que não pôde ver as cores da grama e das flores, mas usou o olfato pra conhecer cada canto de seu novo território.

Mas a melhor recepção veio de sua nova dona. Alguém especial, que se sensibilizou com a história dela e decidiu dar-lhe um final de vida digno. Na verdade, com os cuidados que está agora recebendo, ela não terá apenas um fim de vida digno. Ela terá vida digna, e que seja longa.

Um resgate de Antonio Belucci: majbelucci@uol.com.br

Comentários