Tweetar

Compartilhar



Este depoimento nos foi enviado pela Sabrina, adotante do Chico. É um testemunho de que cães adultos também são especiais. Eles também podem se adaptar e se acostumar a novos donos, e até a novos amigos caninos. Mais que isto, reconhecem quem os ajudou e demonstram gratidão pelo resto da vida.

“Há 3 meses adotei o cãozinho Luan, cujo nome hoje é Chico. Já tínhamos o Aron de 1 ano e meio e, no início do ano, as duas cachorrinhas companheiras dele, que já eram muito velhinhas, morreram. Ele sentiu muito, pois cresceu na companhia das duas e nunca havia estado só. Pensávamos em arrumar outro companheiro para ele e cheguei a procurar por filhotes. Nesse período de procura, vi um post com a carinha mais linda do mundo. Era o Chico. Não resisti. Alguma coisa nele me chamou a atenção… talvez o olhar. Não sei o que foi, mas fiquei encantada e resolvi procurar saber a respeito.

Quando a protetora Stela me contou a história dele, tão sofrida, fiquei muito mal, me deu uma vontade de pegar ele ali, naquele instante. Foi quando conversei com todos aqui de casa e resolvemos ficar com o Chico.

No domingo seguinte já estávamos com ele e não me esquecerei nunca desse dia. Quando chegamos em casa, o Aron estranhou mas, com paciência, fomos fazendo a interação deles. Passeávamos umas duas vezes por dia com os dois juntos, até aceitarem um ao outro e, para a surpresa de todos, isso durou só uma semana. Em menos de dez dias já estavam soltos no quintal, brincando um com o outro. Agora o Aron está feliz, sentimos isso e acreditamos que o Chico também esteja. Hoje não consigo imaginar um sem o outro. É um grude só. Chico está conosco só há três meses, mas está tão ligado à família, que parece que cresceu aqui.

Aron e Chico, adoro esses dois rsrs, o carinho, a maneira como nos entendem…é incrível!!!”

Obrigado Sabrina, por esta contribuição. Que sejam vocês exemplos a ajudarem tantos como o Chico.

Comentários