Tweetar

Compartilhar



Rainha é uma cadela de porte médio a grande. Deve pesar uns 20 a 25 quilos. Tem o pelo macio e longo, como de um Golden. O tom amarelo mesclado de negro é único.

Ela vivia entre os quase 100 lobos na casa de d. Tereza. Já encontramos a Rainha caminhando entre a matilha, às vezes comendo.

fev15-0020-1-mgC

Ora encolhida debaixo de uma cadeira, ora se apresentando, surgindo detrás de qualquer coisa.

fev15-0020-2-mgC

Mas em todas as vezes, sem exceção, encontramos uma cadela triste. Apesar do porte grande, ela é uma cadelinha de companhia, tão dócil quanto a Endira ou a Estrela, essas duas já adotadas.

fev15-0020-3-mgC

Ela precisa de uma oportunidade para conhecer outra realidade. Está saudável, vacinada e vermifugada.

fev15-0020-4-mgC

A adoção aconteceu e, de uma forma bem especial. Meses antes, a Ana havia adotado uma cadelinha chamada Estrela (a mesma citada acima), também triste e saída do mesmo abrigo. Já havíamos recebido notícias da Estrela, com direito a fotos da menina passeando de carro e tudo.

A história da Estrela havia sido contada assim:

A Estrela é uma cadela grande e forte. Deve pesar uns 40 quilos ou mais. Era de se imaginar que com este porte, estivesse imune às brigas e aos ataques.

Já tivemos a oportunidade de conquistar a amizade dela e de nos afeiçoar.

Tereza Dez14 1

Dessa vez, assim que entrei, chamei pela minha amiga, esperando que ela viesse pular em mim, como da outra vez.

Mas o que vi, foi uma cadela encurralada sobre alguns sacos de ração, sem coragem pra descer. No chão, pelo menos meia dúzia de cães menores deixavam clara a intenção de atacá-la.

Lembrei-me da Dandara, que um dia me encantou, e que não tive tempo de ajudar. (Dandara morreu antes que pudéssemos tirá-la de lá).

Tereza Dez14 2

Pouco depois, quando os algozes de dissiparam, ela desceu correndo e veio me dar as boas vindas.

E talvez, por tê-la visto tão vulnerável dessa vez, tenha prestado mais atenção e notado a cicatriz que ela traz na testa, pouco acima dos olhos.

Tereza Dez14 3

Saudade não se mata com apenas um oi e um carinho na cabeça. Ela não se desgrudava de mim e me monopolizou.

Depois, um pretinho básico, igual a muitos que vivem ali, decidiu reivindicar um pouco de minha atenção.

Era de se esperar que ela se mostrasse agressiva, até mesmo por ciúmes, por estar dividindo a minha atenção.

Tereza Dez14 4

Mas a cena que presenciei e tive a alegria de fotografar somente me confirmou o que eu já sabia. Estrela é uma cadela muito especial.

Ela abraçou o Pretinho e ali ficou, sem nenhum sinal de agressividade.

Tereza Dez14 5

E não soltava minha mão. Chegava a segurar meu braço para que meus afagos não cessassem.

Tereza Dez14 6

Vamos tentar amiga. Espero que dessa vez alguém consiga entender seus sinais.

Tereza Dez14 7

Estrela foi adotada pela Ana, com tudo o que tinha direito.

Alguns meses se passaram e a Ana decidiu bater novamente à porta da casa de D. Tereza: _Desde que levei a Estrela, não me esqueci da Rainha, que também havia me encantado. Ela ainda está por aí?

E o resultado desse reencontro está aí: Estrela e Rainha, melhores amigas de infância.

Rainha e Estrela

Rainha e Estrela 2

Vamos atualizar este post sempre que recebermos fotos e notícias das meninas. Obrigado Ana Lopes (https://www.facebook.com/analopez87) por tão especial acolhida.

fev15-0020-mgC