O nome dele é Black, mas poderia ser Fofão. Ele é peludo e de porte médio, muito parecido com o gigante Terra Nova.

O Black foi encontrado na Avenida Silviano Brandão, perdido, prestes a ser atropelado.

Estava muito assustado e mordeu todos os envolvidos no resgate. Foi tudo muito difícil, pois ele demonstrava mesmo não querer aproximação com ninguém.

Comportamentos assim são naturais em situações de estresse, mas os dias que se seguiram mostraram que as feridas do Black eram mais profundas. Ele tinha pânico de guias, coleiras, vassouras, chinelos, etc. Tudo pra ele era ameaça.

Tudo indica que ele era mantido acorrentado e apanhava constantemente, com todo tipo de objetos.

Depois do resgate, ele foi colocado em um canil, onde ficou quase isolado por alguns dias. Afinal, ele não aceitava coleira ou guia. Não era possível leva-lo ao veterinário para os cuidados que precisava.

Foi aí que entrou em cena uma adestradora chamada Natália. Ela passou a visitar o Black diariamente, usando todas as técnicas possíveis para conquista-lo.

E assim, aos poucos, respeitando o tempo dele, as transformações começaram a acontecer. Aprendeu a confiar na Natália, depois na Anna, depois no Caio e em alguns dias, já havia se transformado em um cachorro dócil e carinhos.

Suas referências não são boas, mas ele já aprendeu sobre afeto e carinho. Gosta de colo e é um ótimo amigo. Ele é ótimo para companhia, mas contraindicado para conviver com crianças muito pequenas. Ele não é bravo, mas seus protetores precisam ser cautelosos.

Hoje ele já sai para passear na guia, ensaia brincadeiras e aceita colo de boa. Aliás, ele gosta de colo.

Adora brincar e tem muita energia. Parece ser um cão bem jovem ainda.

Está castrado, é um cachorro amoroso e feliz.

Contato: Anna Paola: (31) 9 9926.3999.

E-mail: apaolamoura@hotmail.com

Número do anúncio: jun20-0070-mgCZ

Comentários / Mais informações sobre o anúncio devem ser obtidas com os anunciantes, no telefone ou e-mail indicados acima.