Tweetar

Compartilhar



Para a Lana, foi tarde demais.

Quando tiramos estas fotos e decidimos chamar atenção para os rejeitados, intencionávamos ajudar a escrever um final feliz para cãezinhos esquecidos (velhinhos e mutilados), que estão condenados a terminar seus dias em abrigos, sem a oportunidade de conhecerem uma família de verdade.

Escolhemos, como protagonistas, animais cegos, mutilados e velhinhos. Nossa primeira matéria foi divulgada no início deste ano.

Para algumas de nossas matérias mais recentes, uma das escolhidas foi a Lana, uma Pinscher muito pequenina.

Nasceu pra dormir dentro de casa, mas estava condenada a morrer em um abrigo.

Tínhamos a esperança de mudar isso. Achávamos que, quando divulgássemos a sua história, seu dono ideal apareceria.

Assim foi a referência que fizemos a ela:

Já a Lana, velhinha e também com catarata em um dos olhos, é uma Pinscher que se mostra triste, como se já tivesse perdido as esperanças de dias melhores. 

Lana 2

Os dias melhores não vieram e, agora, não há mais tempo. Ela morreu algumas semanas depois do anúncio, devido à idade avançada.

Poderia ter preenchido a vida de muitas pessoas, poderia ter trazido alegria pra muitas famílias, poderia ter sido feliz, mas não lhe foi dada a oportunidade.

Morreu como não merecia, esquecida em um abrigo. Ao seu lado, apenas os de sua espécie, também na mesma condição que ela.

São cães, mas sentiram, como se soubessem que também estão condenados àquele mesmo fim.

Que essa triste despedida não seja em vão. Que sirva pra chamar a atenção e despertar as pessoas para os tantos outros que ainda esperam a vez.

Em nossa campanha “Pela inclusão social”, as fotos dos companheiros de canil da Lana, também velhinhos: Falcão, Baltazar e tantos outros. Eles ainda esperam…. Será um final feliz ou mais uma triste despedida. Depende de onde esta mensagem poderá chegar.

http://oloboalfa.com.br/pela-inclusao-social/

Fica a tristeza e a sensação de impotência. Lamentamos que nossas campanhas não estejam tendo a repercussão que esperávamos, que não estejam atingindo tantas pessoas, que não estejam dando resultados…

O que fazemos é obrigação de todos. É compromisso social. É consequência natural da evolução da nossa espécie, que não será mais capaz de ficar indiferente a histórias assim.

Precisamos de ajuda.

Precisamos divulgar, divulgar, divulgar.

Precisamos de parcerias publicitárias, precisamos de jornalistas, artistas, esportistas, meios de comunicação…

Precisamos de ADOTANTES.

A você, Lana, que suas fotos não tenham sido tiradas em vão. Que sua imagem faça mais pelos seus e por você mesma.

Saiba que continuaremos tentando, para que, quando você voltar, encontre por aqui um mundo melhor.

o-lobo-alfa-h-8

Há de vir o dia em que todos os humanos sobre a terra serão protetores de animais.

Conheça nossas campanhas.

http://oloboalfa.com.br/campanhas/