Tweetar

Compartilhar



Ela não foi apenas adotada. Ganhou uma família de verdade.

A Marina foi encontrada com a cauda arrancada e com os ossos expostos. Para livrá-la daquele sofrimento intenso, foi necessária uma cirurgia urgente (Caudectomia). Mesmo com a dor que sentia na troca dos curativos, a Marina ainda lambia a mão de quem a segurava. Jamais mostrou os dentes, nem mesmo nos momentos de maior angústia e dor.

Apesar do sofrimento e do estado grave de sua ferida, estava com ótima saúde. O Hemograma não apresentou sequer anemia.

No dia do resgate, ela estava muito assustada. Não suportava a dor intensa que a ferida lhe causava.

Algumas semanas mais tarde, já completamente recuperada, a Marina decidiu mostrar seu outro lado. Não se tem notícia de outra cadelinha mais bagunceira.

Ficou hospedada na Giovanna PET, por alguns meses, enquanto aguardava um adotante.

Depois de recuperada, decidimos testar a sua socialização, e descobrimos que a Marina tinha todas as atitudes de filhote. Corria, pulava e brincava com filhotes, como se fosse um deles, e como se tivesse o tamanho deles. Estabanada, não tinha noção de seu tamanho.

O vídeo a seguir mostra como foi a recepção da Marina pela matilha do Projeto O LOBO ALFA: http://www.youtube.com/watch?v=dPCjg1DXLYs

Em Dezembro de 2010, recebemos uma ligação da Elisa, interessada na adoção da Marina. Foi ela alertada sobre a agitação daquela criatura, mas esta informação só serviu pra aumentar ainda mais o interesse da Elisa.

Percebemos logo que aquela adotante entendia de cachorro. Sabia que cachorro bagunceiro é mesmo tudo de bom.

A Marina seria uma surpresa de Natal para toda a família. A adoção aconteceu na manhã do dia 24/12/2010.

Dias depois, recebemos as fotos do primeiro natal da Marina, em família.

Ela foi recebida de braços abertos por toda a família.

Nada pode ser mais gratificante que notícias assim. Bom seria se todos os cães que entregamos tivessem a sorte da Marina. Ela não foi apenas adotada. Ganhou uma família de verdade.

Não precisamos desejar que essa morena encha aquela casa de alegria. Esta é uma capacidade nata de todos os cães. E aquela era uma família verdadeiramente abençoada, tanto pela calorosa acolhida da Marina, como pela sorte de receber tão adorável criatura.

Mais tarde, foi a vez da Marina ganhar um presente. Ela era tão sociável com outros cães, que não poderia viver sem a companhia de outros de sua espécie.

A Elisa percebeu isto, e trouxe pra casa a Mel, uma cadelinha ainda filhote, sem raça definida, aquele típico LSV (Lobo Sem Vergonha).

As duas passavam os dias brincando. A Marina seria agora uma cadelinha de estimação, no mais intenso sentido. Ela havia chegado onde deveria chegar.

Infelizmente, a Mel estava apenas de passagem. Em breve partiria para sua nova casa.

Tínhamos muito a agradecer à Elisa e a toda a sua família, pela ADOÇÃO da Marina.

Mas não foi só isto. Teríamos da Elisa o que todo protetor mais gosta: Notícias de seus protegidos. Recebíamos sempre as melhores notícias. As fotos nos mostravam que a Marina tinha privilégios de cachorrinho de colo.

Há alguns dias, a Elisa comentou conosco que a Marina estava sentindo muita falta de amigos de sua espécie. Ela sempre foi uma cadelinha muito sociável e desde a partida da Mel, vinha se sentindo sozinha.

Esta notícia chegou até o Geverson da Cão Parque, que decidiu oferecer à Marina um final de semana especial.

Ela foi recebida pelo Bob e sua turma. O Bob, para quem ainda não conhece, é um lobinho que devolvemos à natureza. Ele foi adotado pelo Geverson e hoje é um dos recepcionistas da Cão Parque. É dele a função de receber e dar as boas vindas aos hóspedes, coisa que, aliás, ele faz muito bem.

A história do Bob pode ser vista pelo Link: http://oloboalfa.com.br/bob-um-lobinho-reintroduzido/

Voltando à Marina, ele teve um final de semana inesquecível. As fotos falam por si.

finais_felizes_Marina6

Os vídeos abaixo mostram a chegada da Marina na Cão Parque, e depois, a participação dela na festa dos anfitriões.

http://youtu.be/K0kqQ1iGHK0

http://youtu.be/r_Yv-hvxRhc

Se ela gostou do passeio? É só olhar na cara dela.

Fica registrado nosso muito obrigado à Cão Parque, por proporcionar tantas alegrias aos nossos mais preciosos amigos.

No Natal de 2015, recebemos de presente da Elisa notícias da Marina, dos últimos anos. No dia 24 de dezembro de 2015, completavam 5 anos de adoção e o dia seguinte, marcaria o 6º Natal da Marina em família.

Abaixo, o depoimento da Elisa e uma coletânea de fotos de nossa menina, dos últimos 5 anos.

Marina ainda não tem um irmãozinho, mas ganhou agora uma priminha que não mora aqui, mas que estará sempre por aqui para brincar.

Neste Natal (2015) completaram 5 anos da adoção da Marina, somando à estimativa de idade de quando ela chegou, podemos chutar aí que ela já tem uns 6 anos, 6 anos e meio, mas ela ainda é um filhote.

Não perdeu nada daquela característica brincalhona e serelepe de quando ela chegou. Adora minhas meias e tudo o que acha pelo chão, brinca muito, faz festa para todos que chegam em casa e quando estamos passeando na rua é um “Deus nos acuda” quando vê outro cão: brinca e pula neles, se esquecendo de seu tamanho. Uns gostam e outros se assustam no começo, mas depois brincam de volta. 

Ela é muito carente de carinho e atenção e nós aqui de casa a mimamos bastante. Por isso, na rua ela acha que tem de ser assim também.

Ela está bem, feliz, com a saúde boa, e não perde o pique. Apronta as maiores estripulias, mas nós aqui adoramos suas bagunças. Isso nos alegra e, para os meus avós, que já são idosos, ela é a maior alegria do mundo. Eles morrem de rir com as peraltices dela, adoram ela ser assim, ela traz vida para a casa. Sem dúvida ela é muito amada.

Segue em anexo algumas fotos dela dos últimos anos. Estão misturadas, mas dá para ver um pouco da rotina dela aqui com a gente, e quando posso a levo para o sítio da minha prima, onde tem vários cachorros, cavalo, e ela até corre atrás das galinhas. Uma festa só.

Um grande abraço e sucesso ao projeto. Estou sempre acompanhando vocês.

Elisa

Marina dez15 1 Marina dez15 2 Marina dez15 3 Marina dez15 4 Marina dez15 5 Marina dez15 6 Marina dez15 7 Marina dez15 8 Marina dez15 9