A luta começa de madrugada, no frio e nas chuvas, debaixo do Viaduto da Lagoinha. É difícil manter-se saudável ou apenas vivo nessas condições, quando não há o que se comer, ou como se proteger das condições climáticas.

Também o risco inerente de atropelamentos está sempre em volta, a vigiar, e a lembrar que ali debaixo do viaduto não é um bom lugar para estar. Sendo mais um corpo desprezado pela sociedade, a fuga constante da ameaças de chutes, socos e até estupro, só reforça o medo e a injustiça de estar ali, ainda mais estando grávida.

Essa é a história de uma cadelinha chamada Pintada. Começou em algum lugar, de onde ela foi expulsa para bem longe. Ela estava prenha e morando com moradores de rua.

O resgate chegou e os filhotes puderam nascer amparados e protegidos.

Dentre filhotes pequenos, peludinhos e coloridinhos, dois pretinhos ficaram para trás quando se iniciou o processo de adoção.

Eles são pretinhos, não têm raça e fogem do padrão que a sociedade escolhe. São dois machinhos e devem ficar de porte médio. São apenas bebês, com dois meses de vida.

Eles merecem uma chance com uma família que veja a carência e beleza onde muitos não veem. O tempo passa, eles crescem e suas chances diminuem.

Contato: Karen: (31) 9 9288.4846.

E-mail: adocaosmpa@gmail.com

Número do anúncio: nov20-0002-mgLN

Comentários / Mais informações sobre o anúncio devem ser obtidas com os anunciantes, no telefone ou e-mail indicados acima.