Tweetar

Compartilhar



   O Projeto O LOBO ALFA também está presente nas escolas, semeando os mais férteis campos: O coração das Crianças.

   A Escola Municipal Augusta Medeiros, situada no bairro Novo Progresso, em Belo Horizonte, tem utilizado nosso portal e as histórias divulgadas no “site”, para desenvolver um trabalho de conscientização junto aos alunos.

  As professoras de Ciências e do Projeto de Informática dos 5º e 6º anos do ensino fundamental implantaram um projeto de conscientização dos alunos, quanto à importância do convívio saudável entre homens e animais.

  Durante as aulas de Informática, os alunos acessam o site, lêem as histórias e fazem comentários, enviando mensagens e depoimentos ao Projeto O LOBO ALFA, através do “Fale Conosco”. 

  Paralelamente, nas aulas de Ciências, os alunos refletem e discutem idéias e sentimentos que as histórias suscitam, abordando temas relacionados à preservação ambiental, além, é claro, da proteção e respeito aos animais.

   Segundo as professoras, as crianças se encantaram com as histórias, discutiram com entusiasmo o tema e compartilharam as suas próprias experiências. Melhor ainda, se sensibilizaram com a importância da proteção aos animais, parte fundamental na construção de um mundo melhor, onde homens e animais caminham lado a lado.

   É certo que, com este trabalho, foi plantada nestas crianças uma consciência que falta em muitos adultos. Mais que formar pessoas de bem, a Escola, que aliás está comemorando este ano seus 40 anos, deu um ótimo exemplo de compromisso social, ajudando de forma significativa a melhorar a triste realidade dos animais abandonados.

 

   Fica registrado o sincero agradecimento de todos os envolvidos no Projeto O LOBO ALFA, à Sra. Maria Rosalina, Diretora da Escola Municipal Augusta Medeiros, pela maravilhosa acolhida de nossas idéias, e por permitir um trabalho tão importante, para a formação dos futuros cidadãos.

   Registra-se também nossas homenagens à Escola, pelos 40 anos, e nossa admiração e respeito às Professoras Márcia e Kênia, pela iniciativa. Assim devem ser os educadores dos novos tempos.

 

   Quanto ao resultado de tudo isto, as mensagens enviadas pelas crianças falam por si. Não podíamos deixar de mencioná-las. 

   Verônica e Diego Lisboa nos enviaram mensagens de indignação com o ser humano, pela crueldade contra animais.

   Pedro nos escreveu contando que adorou a história do Pepê e do Hulck. Já a Larissa se sensibilizou mais com a história da Estrelinha, e lamentou que ela tivesse sido devolvida por maus adotantes. A Stephanie preferiu as histórias das Glorinhas e da Tica, a macaquinha que teve os dentes quebrados.

   Guilherme e Rafael nos parabenizaram pelo trabalho. Disseram estar felizes por existir pessoas que ajudam os animais.

   Ana Carolina disse que gostou muito do site, e nos contou que já tem dois cachorrinhos em casa.

   Laura e Bárbara gostaram tanto que disseram que gostariam de fazer parte de nossa “corrente do bem”. Vitória e Kelven também se ofereceram pra ajudar. (Sejam muito bem vindos).

   Fernanda já é nossa parceira. Nos contou que abriu o site também em casa, pra mostrar pra toda a sua família, assim como o Matheus Henrique, que também nos prometeu ajudar a divulgar o “site”.

   A fala da Ester deve ser transcrita com todas as vírgulas: “O que as pessoas não querem que façam com elas, não deviam fazer com animais indefesos”.

   Lorrayne e Sabrina. Além de nos dar os parabéns pelo trabalho, concluíram “Se todos fizessem o mesmo, talvez não teriam tantos animais nas ruas passando fome, frio e dor”. (Também acreditamos nisto).

   Mateus Eustáquio gosta tanto de animais que nos pediu um cachorro, um gato, um coelho, seis patos africanos e 10 galinhas.

   Victor e Pablo nos escreveram contando que gostaram principalmente das histórias das Glorinhas e da Flecha. Já a preferida do Yuri foi a Fadinha.

   A Maria Luiza se sensibilizou com as histórias e nos pediu para continuar cuidando dos animais abandonados.

   Izabel e Daniela nos contaram que têm um cachorrinho chamado Tico, também resgatado e adotado por elas, que tinha uma história parecida com a das Glorinhas. Também a Nathália nos contou sobre uma cachorrinha abandonada que foi resgatada e adotada por sua tia.

   A Aline também nos escreveu, comentando sobre casos em que as famílias jogam seus animais na rua, quando saem pra viajar.

   Aos alunos, agradecemos cada mensagem recebida. Vocês são a certeza de que não estamos sonhando. As mudanças são possíveis. O mundo está mudando e estamos caminhando a passos largos para esta nova realidade. Sejam muito bem vindos.

   Com estas mensagens, pudemos confirmar o que já desconfiávamos. Não há terras mais férteis pra se semear o bem, que o coração das crianças. Ganhamos mais que seguidores ou admiradores. Ganhamos parceiros, companheiros de projeto, protetores mirins.

   Aos profissionais da Escola, saibam que o mundo certamente estará um pouquinho melhor ao final de cada aula na Escola Municipal Augusta Medeiros.

 

   Durante as fotos, os alunos exibiam um banner do Projeto o Lobo Alfa. A mensagem que o banner transmite também merece ser lida. 

 

   Fica o convite a outras Escolas a participarem e ajudarem a divulgar as novas idéias. Mostre à sociedade que a sua Escola também está comprometida com a criação de um mundo melhor.

   Estaremos à disposição para ajudar e divulgar o resultado do trabalho em nosso “site”.

   No mês de Maio de 2011, tivemos a alegria de sermos citados no Jornal da Escola Municipal Augusta Medeiros, uma grande contribuição para a nossa causa, divulgando nosso trabalho na comunidade escolar.

   Esta é a melhor ajuda que podemos receber. Agradecemos à equipe responsável, por mais esta preciosa ajuda na divulgação de nosso trabalho.