Quando publicamos pela primeira vez o pedido de socorro para o Cazuza, informamos que ele havia sido atropelado ou pisoteado e teve esmagada a região da bacia.

Acreditávamos que o “acidente” teria ocorrido havia mais dias. Ele não tinha ferimentos externos e já caminhava sozinho, embora com dificuldade.

Sentia muita dor e tudo indicava que precisaria de cuidados médicos especializados. Não sabíamos ainda o que ele tinha, mas era possível imaginar que o problema fosse ortopédico.

Ele havia sido resgatado por d. Tereza, que não tinha como dar a ele os cuidados médicos de que precisava.

set15-0097-1-mgC

Mas a situação era um pouco pior do que imaginávamos.

Os exames foram aprofundados e, diante das lesões, a conclusão dos veterinários é que ele foi pendurado pelo rabinho e rodado no ar até ser jogado em algum lugar.

Por sorte, ele não foi jogado contra uma parede. Talvez tenha sido jogado no meio de um matagal ou algum lugar mais macio.

Mas o estrago na região da causa e bacia foi grande.

set15-0097-2-mgC

Ele tem as perninhas tortas e uma incontinência urinária e fecal. O tratamento recomendado foi fisioterapia e acupuntura.

Ele ganhou a acupuntura e já a iniciou, mas d. Tereza não terá condições de pagar a fisioterapia. A acupuntura ajudará na incontinência e a fisioterapia será necessária para melhorar a mobilidade das perninhas traseiras.

Ele também perdeu os movimentos do rabinho e não sabemos se é reversível. Não o abana mais, mas sabe, como ninguém, pedir carinho e colo.

As fotos abaixo mostram o momento em que um voluntário tentava segurá-lo para as fotos, mas tudo que ele queria era um punhadinho de colo. O rabinho, conforme mostrado nas fotos, está permanentemente para baixo, sem nenhum movimento.

set15-0097-3-mgC

O Cazuza é um filhotinho de apenas 3 meses, mas não tem mais a alegria que deveria ter. Um dia, talvez, ele volte a ser um cãozinho feliz, mas precisará de alguém disposto a ensiná-lo sobre estima e amizade. É que, com quase 100 cães pra dar atenção, d. Tereza não tem tempo pra ele.

O Cazuza precisa muito ser salvo. Precisa de uma mãe.

set15-0097-4-mgC

ATUALIZAÇÃO. O Cazuza cresceu e não é mais um filhote. A infância acabou e todo o tratamento não foi capaz de devolver a ele o direito de abanar o rabinho. Mas já melhorou muito a incontinência e hoje está quase bom.

Agora, como um SRD médio e pelo curto, ele tem uma vida inteira pra se arrepender de ter nascido. Vive em um abrigo, esperando pelo milagre da adoção.

set15-0097-5-mgC

Contato: Bruna Luiza: (31) 9 9477.1739 / Tereza: (31) 9 8725.0652.

E-mail: brunaluiza011@gmail.com

set15-0097-mgC

Número do anúncio: set15-0097-mgC

Comentários / Mais informações sobre o anúncio devem ser obtidas com os anunciantes, no telefone ou e-mail indicados acima.