Tweetar

Compartilhar



Estes são os filhotes que estavam na Sociedade Mineira Protetora dos Animais. Foram acolhidos pela Sumaj e passaram por um longo período de recuperação, desfrutando da pacata vida de Matozinhos.

A pensão lá é cinco estrelas e eles estão se recuperando muito bem, salvo algumas exceções. Quando chegaram, apresentavam secreções oculares, tosse, além da diarréia e outros indícios de patologias. A expectativa, como não poderia deixar de ser, era de salvar todos. Mas não deu. Alguns ficaram pelo caminho.

Aqueles mais debilitados receberam soroterapia, além dos antibióticos, antipiréticos e vitaminas. Pra nós, apesar de algumas baixas, todos foram salvos. Eles tiveram uma chance.

Abaixo, fotos de todos. Na ordem, Ternura, a primeira filhotinha a partir, Tigresa, Camille, Princesa e Pierre.

Depois, Zimbabwe, que segue internado lutando pela vida, Dobby, Boris, Arteiro e Jarbas.

Depois de algumas baixas e adoções, restavam três filhotes, sendo os dois abaixo, já com 3 meses e rifando saúde, e um terceiro, que seguiu em tratamento, lutando pela vida. Os dois artistas (Arteiuro e Jarbas) foram adotados, o que nos permitiu encerrar esta matéria, transferindo-a para finais felizes.

Pra nós, as baixas significavam apenas que eles haviam trocado de protetores. Seguiram seu caminho em outro plano, amparados e protegidos, como deveriam ter nascido. Foram salvos e poderão começar de novo. Tiveram um final feliz.

Um resgate de Sumaj: sumaj-joya@hotmail.com

Comentários