Tweetar

Compartilhar



A importância da casinha

 

            Uma casinha significa muito para o cão. É o local onde ele se sente totalmente protegido e que é realmente só dele. Até os cães que vivem dentro de casa precisam ter uma casinha, ainda que não a utilizem sempre. O cão se sente mais tranquilo ao saber que tem um abrigo à sua disposição.

            Isso acontece porque os cachorros são animais de toca, ou seja, preferem descansar em lugares assim. Dentro desse espaço, eles se sentem protegidos do tempo ruim e de possíveis ataques de outros animais. São pequenos resíduos instintivos, herdados de seus antepassados. Os cachorros gostam de ter um refúgio para usar quando não estão se sentindo bem, em noites de trovões, ou simplesmente para comer um petisco.

            A casinha deve ser cuidadosamente preparada, com cobertores e lençóis, de forma que fique mais aconchegante que a cama dos donos, o sofá da sala, ou o jardim. Vale lembrar que o cheiro do dono ajuda o cachorro a se sentir mais seguro. Logo, deixe seu odor no lençol ou cobertor que vai colocar na casinha.

            Manter a higiene da casinha é essencial.

            O tamanho também é importante. Os cães gostam mais de casinhas do que de mansões. Pra eles, tocas mais apertadas são mais seguras do que ambientes maiores. Por isto, opte por uma casinha com espaço suficiente apenas para o cachorro ficar em pé e dar suas voltinhas antes de deitar.

            Sempre que levar o cachorro para um local desconhecido, não esqueça a casinha. Nessa situação, ela funciona com um ponto de referência para o cão e ajuda a aliviar sua insegurança. Um ótimo jeito de resolver esse assunto é adotar a própria caixa de transporte do cachorro como casinha.