Tweetar

Compartilhar



Este pequeno foi abandonado dentro de uma caixa de papelão. É idoso, deficiente visual, estava com tantos pêlos na cara que não parecia que tinha olhos. Estava repleto de pulgas, carrapatos, sujo, doente, era uma bola de pêlos fedorento, uma judiação.

É o caso clássico de abandono por trás dos portões. Ele foi esquecido em um canil e, quando chegou no extremo, foi cuidadosamente deixado pelos donos em uma confortável caixinha de papelão, para que pudesse morrer em paz e feliz.

nov12-0103-2-sp

Isto aconteceu há um ano, quando foi o Billy encontrado por uma protetora de animais.

Ele ficou internado, fez muitos exames e, contra todas as expectativas, estava saudável.

Entretanto, a deficiente visual era mesmo irreversível. Ele teve consultas com 3 oftalmologistas e o diagnóstico foi unânime. Precisa usar colírio para lubrificar os olhos, que são secos.

Ele até ganhou uma pretendente à adoção. Estava tudo certo para ele ser adotado agora no final do mês, porém a adotante ficou viúva e por conta disso, muitas coisas mudaram e ela não poderá mais adotá-lo.

nov12-0103-3-sp

Depois do resgate, ele viveu por mais de um ano em uma baia de um abrigo. Ficou depressivo e passava o dia dormindo, sem reação, como se tivesse desistido da vida.

Ele não tem muito tempo de vida. Talvez alguns dias, talvez semanas ou meses. Mas os últimos dias precisavam ser diferentes. Ele merecia um final feliz, ainda que fosse apenas para que nós nos sentíssemos melhor.

Pra ele talvez não fizesse mais diferença. Se o Billy pudesse falar, pediria a eutanásia. Pra que continuar vivendo? Um corpo velho, sem ver a luz, sem forças pra correr, latir, sem disposição pra comer, sem dono.

Sabíamos que ele não teria vida longa. Mas, ainda assim, precisávamos tentar. Sua história viria a ser usada pra sensibilizar quem ainda falta, qualquer que fosse o desfecho. O pequeno Billy cumprirá sua missão, de ajudar outros lobos a terem uma segunda chance.

nov12-0103-4-sp

Sua história foi divulgada e, como já podíamos esperar, o final feliz chegou com tudo que ele merecia. Um daqueles humanos especiais a que sempre nos referimos, filhos dos novos tempos.

O Billy terá um final feliz. Não sabemos por quanto tempo, mas isso agora não importa. Ele poderá despedir-se da vida, depois de ter sepultado de vez o passado. Levará para o céu boas lembranças e o amor incondicional que ele passará a sentir por seus novos donos a partir de agora. Sua vida verdadeira começa agora.

Um resgate de Silvana Mitne: dmitne@donnacachorra.com.br

www.donnacachorra.com.br

Curta nossa página no Facebook e acompanhe nossas principais publicações. Esta matéria foi também publicada no Facebook.

http://www.facebook.com/oloboalfa.projeto