Tweetar

Compartilhar



Nossa mãe nos trouxe ao mundo com muito amor e carinho, mas humanos não nos desejaram com o mesmo sentimento e, então, fomos abandonados. Quando vimos outros humanos nos acolhendo, pensamos que seria o fim, mas foi um novo começo. Fomos levados junto com nossa mãe para um abrigo, onde recebemos alimento, água e uma cama bem quentinha. Nossa mãe é uma mestiça de Pastor, muito cuidadosa. Nos cobria de carinho.

Os dias foram se passando e percebemos que algo estava errado. Nossa mãe não tinha mais leite. Então, ganhamos uma babá de leite chamada Terra, uma cadela com um olho azul e outro castanho.

Mas as coisas não iam bem e precisávamos de cuidados especiais. Foi aí que uma voluntária da Cão Viver decidiu nos levar pra casa e nos alimentar com mamadeira.

Sentimos muita saudade da nossa mãe, que ficou dias chorando nossa falta. Ela chegou a fugir do canil onde estava, farejando cada canto, como se procurasse por nós. Mas, àquela altura, já estávamos longe dali.

Recebi o nome de Lucas, que significa luminoso (amarelo) e meu irmão foi chamado de Mateus, que significa oferta de Deus (peludinho). Com idade aproximada de 2 meses, nos separamos. Cada um de nós partiu para a nova vida.

Mãe, não se preocupe com a gente, pois estamos sãos e salvos. Foi ótima a estada na casa da Jéssica, que se empenhou para que encontrássemos donos especiais. Precisávamos de cuidados especiais. Se não fôssemos levados pela Jéssica, não estaríamos mais aqui. Sabemos que você está sendo bem cuidada na Cão Viver e em breve estará pronta para adoção.

A nova mamãe do Mateus chegou primeiro. Ela se chama Letícia e é uma pessoa muito especial. Logo depois, foi a minha vez. Vejam como estou feliz com minha nova família.

Desejamos para nós, para você e os outros que estão ai, um lar doce lar.

Dos seus meninos Lucas e Mateus. Amamos você!

Um resgate de Jéssica: jjessicasa@hotmail.com