Tweetar

Compartilhar



Peço um minuto de atenção e um minuto de oração para a “Pitucha”. Hoje (21/03/2011) ela foi ao encontro do Papai do Céu !!!

Ela foi atropelada na frente do prédio onde estou reformando meu apartamento. Eu não estava lá e fui ver como estava a reforma. Sabem aonde ela estava ?…dentre várias garagens, deitadinha, na minha, sobre entulhos da reforma. Por que ela escolheu justo a minha ?

Cheguei, estacionei o carro e não a vi. Uma vizinha me encontrou no elevador e disse: “você tem um cão ?” Eu disse: “não (só tenho gatos)”. Ela me disse: “Uai…tem um atrás do seu carro…deve ser o que foi atropelado hoje de manhã na frente do prédio !”.

Corri na garagem e lá estava ela…atrás do meu carro. Perguntei ao porteiro e ele me disse que ela tinha sido atropelada de manhã, o carro passou encima e o “cara” ainda gritou que queria matá-la porque tinha “estragado” o carro dele. Claro, nem prestou o socorro !!! 

Faço a idéia da dor que ela estava sentindo, pois não andava e teve que se arrastar na rampa para subir e ficar deitadinha na minha garagem. Ela estava “pele-e-osso”, faminta, quase em inanição.

Agora…como ela sabia que eu ia chegar e que ia fazer alguma coisa por ela ? Só Deus mesmo para explicar, né?

Liguei para o Anjo da Dra. Ana Letícia da Clínica Veterinária São Francisco, fui lá, busquei a Patrícia, experiente em cães, e levamos a menininha para a Clínica. Dei o nome carinhoso de “Pitucha”. Ela fez raio X e outros exames. Tinha fraturado a coluna…nossa, quase tive um troço quando vi a radiografia !!! Me disseram na hora que provavelmente não iria andar e teria que usar fralda, carrinho de rodas, … que tristeza, meu Deus.

Para minha surpresa, com o amor, o carinho e os cuidados da Dra. Ana Letícia e de sua equipe, a “Pitucha” se recuperou e, por um milagre, voltou a andar, a comer, a se sentir protegida…

A triste notícia veio: Leishmaniose. Oh, tristeza, gente !!! Daí, já sabem, né ? É uma situação difícil e todos nós já passamos por isto. Não pôde ser salva e despediu-se da vida hoje. 

Queria agora contar esta história e pedir que rezem pela “Pitucha” e por todos os outros animais (cães, gatos, …) que estão abandonados nas ruas sofrendo, atropelados, passando fome e sede, doentes… São tantos, meu Deus !!! Todos os dia, encontramos vários. Quem me dera poder ajudar a todos… Fico impotente tantas vezes !!!

Que Deus abençoe todos vocês e que juntos consigamos pelo menos aliviar o sofrimento de tantos animais que precisam da gente… Só da gente que os ama !

Abraços eternos…

Pitucha: Vá com Deus!!! Te amamos!!! Deus te ama e te acolherá de braços abertos! Perdoe a todos que lhe fizeram mal. Viva em Paz. Saudades…