Tweetar

Compartilhar



Sasha foi deixada em um hotelzinho pelos antigos donos. A casa onde ela vivia encolheu e, do dia pra noite, não tinha mais lugar pra ela.

Como se não bastasse, um diagnóstico positivo para leishmaniose fazia dela uma séria candidata a eutanásia, ou a uma vida de privações, de rejeição e tudo de ruim que a espécie humana tem dispensado aos amigos lobos.

Por fim, pra piorar ainda mais as chances dela, os antigos donos não se preocuparam em socializá-la com outros cães, o que a tornou arredia e hostil.

Apesar disso, ela demonstrava verdadeira paixão por companhia humana, adorava fazer caminhadas e comer frutas.

Foi anunciada, sem muitas expectativas de dias melhores. Não tínhamos o direito de selar seu destino sem antes tentar. Afinal, os anjos estão espalhados pelo mundo e nunca se sabe quando um anúncio assim vai chegar onde precisa.

Foram 7 meses de anúncio, até que alguém decidiu conhecê-la. Até aquele momento, sua protetora não havia recebido um único telefonema sequer.

Caio e Thamires chegaram pra conhecer a menina, sem nenhum compromisso. Eles estavam decididos a adotar um cãozinho, mas dariam preferência para um que ninguém queria.

Alguns encontros parecem mesmo ter sido planejados. Assim que avistou Caio e Thamires pela primeira vez, antes mesmo que fossem apresentados formalmente, antes de qualquer petisco que pudesse estreitar os laços ou causar uma primeira boa impressão, Sasha correu de encontro a eles e pulou no carro, como se soubesse que eles estavam ali para salvá-la.

E tem gente que não acredita na capacidade deles de reconhecer anjos. É que os semelhantes se atraem.

Sasha ganhou muito mais que donos especiais. Ela agora terá o tratamento médico necessário para salvar sua vida. A segunda chance dela começou verdadeiramente no dia que conheceu seus novos melhores amigos.

Parabéns Caio e Thamires. Que a Sasha traga somente alegria para a vida de vocês, e que a ação de vocês sirva de exemplo. Precisamos espalhar a compaixão pelos animais e despertar novos protetores e adotantes.

Um resgate de Giovana Veloso: giovv1@hotmail.com